sexta-feira, 2 de março de 2007

La Kinky Beat


A Kinky Beat, umha das bandas mais afiançadas no panorama musical de músicos de Barcelona, nasce no ano 2003 na periféria de Barcelona, concretamente num local de Badalona, onde gravam longas sessões de jamming, até que um dia se decidem a levar sua música ao directo.
Preparam umha maqueta ma que participam

Arecio Smith (Teclado), David Bourguignon (Coros), Anouk (Coros), Petete (Trombón), Kike Empercutío (Tres), Melissa (Coros), Chucky (Bonus track)

O resultado fui umha maqueta de cinco temas cálidos, que te levam, com emoções e ritmo.
Com ela ganham o I prémio de maquetas organizado por RadioChango e Radio Francia Internacional.
Sua música é umha mestura de rock’steady, reggae, mas também hip-hop, rock & roll, ragga, funk, samba, mesmo ainda drum&bass e jungle.

Os temas eram:

Maria Maria
Pirata sin Barco
Tabaco y Ron
Oyoyo
My lover.

A partir de aí, vemconcertos, festivais, giras, trabalhos...Sempre fieis aos seus ritmos que nos fazem dançar e sonhar.
Os músicos da banda, são:

Gerard Casajus: motor da banda, na batería.
Donato: no baixo.
Willy Fuego: A voz masculina
Miry Matahari: A voz femenina.
Manel Cabello: as percusões.

Desde aquele trabalho, tirarom.

La Kinky Beat - demo & remixes (2004 - Álbum)
Made in Barna (2004 Kasba Music - Álbum)
RMXMadeInBarna (2005 Kasba Music - Remezclas)
One More Time (2006 Kasba Music - Álbum)

Os seus temas são sempre periféricos, preciosos, alguns mais no estilo electrónico, outros mais rock, mas tudos preciosos e cheios de vida.

Ainda que o melhor são seus directos. E dou fe que os vi em Camarinhas, num desses concertos do Jacobeu, sem publicitar, com o qual éramos meio cento de pessoas.
Mas eles tocarom coma se fossemos miles e eu não pudem aguantar meus pés nem meu corpo, percorrido por umha descarga de energia capaz de resucitar a um morto.

Periféria de Barcelona, o que os "guiris" não vem. Bairros de trabalhadores, de inmigrantes, de parados.

Há tempo eu trabalhei num desses bairros.
Ainda lembro aos meninhos que estudavam comigo, no Colégio Cascabel, da Rua Perpinya, no bairro do Besós.
Por onde andaram agora?
Nestes momentos, dentro do meu coração, revivindo ao olhar este video.











2 comentários:

luscofusco disse...

Unha das mellores bandas!! As suas cancións son boísimas. E con respecto a Tonino Carotonne máis do mesmo.
Este blog é boísimo. Gracias as túas aportacións conhecemos máis e mellor música.
Obrigado

rifenha disse...

Obrigada a ti.
Por dizer a tua opinião.
O certo é que minha intenção é dar a conhescer músicas mestiças pouco conhescidas na Galiza assim, em geral, e que se fazem em Barcelona.
Porque me unem algúns laços com a cidade e porque gosto das mestiçagens.
Umha aperta para ti, por seres tão amável-